Aproveitando o início do novo ano para arrumar o armário e renovar as energias!





Começar o ano novo de casa arrumada é muito bom!

Então, bora começar a limpeza!

Primeiro passo:
O primeiro passo de qualquer arrumação é evitar guardar aquilo que é desnecessário, que não se usa há mais de um ano. Então vamos começar pelo armário!

Pilha 1 - Peças em uso

Pilha 2 - Não servem mais -> doar
Pense se ainda vai mesmo usá-la um dia. Se achar que ainda é cedo para decidir separe uma nova pilha (pilha 3), para roupas que não vai usar mas ainda vai guardar!

Pilha 3 - Peças que você usa pouco
Separe em cabides ou em sacos em um lugar separado também para não confundir com as peças em uso, lembrando de guardar essas roupas de pouco uso sempre limpas.

Pilha 4 - Peças que precisam de conserto ou estão manchadas
Verifique se realmente tem conserto e se vale a pena gastar. Senão... passe para a pilha 2.

Pilha 5 - Peças fora da estação.
Separe uma parte do armário para peças de outra estação e guarde em sacos fechados para não pegar cheiro e lembrar de guardá-las limpas.


Segundo passo:
Definir o que vai ser guardado em cada prateleira, gavetas, maleiro, cabides... etc, dependendo do tamanho do armário.

Sugestões:

1. Prateleira: Em prateleiras normalmente guardamos blusas, malhas, blusas de moletom, roupas de cama, sempre lembrando de deixar as peças mais leves
por cima.




2. Cabides: Coloque de preferência todas as roupas em cabides iguais organizados na mesma posição e organizadas por cor, da mais clara para a mais escura e as estampadas por último. No caso de calças, guardar com os cavalos voltados para dentro do armário. Uma boa dica é dobrar a calça pela boca das pernas (cabeça pra baixo), juntando as costuras, as pernas e depois dobrá-la ao meio. No caso de camisas, começando pelas regatas seguidas pelas de manga curta e depois as de manga longa.


3. Gavetas: As roupas íntimas e meias podem ser colocadas em colméias ou também dobradas em formato de envelopes e guardadas em uma caixa organizadas por cor. Já camisetas podem ser dobradas enroladas para economizar espaço ou em pilhas, organizadas por cor. As peças mais escuras devem ficar o mais distante da luz natural para evitar que desbotem. Shorts, roupas de ginástica, pijamas e camisolas podem seguir a mesma organização das camisetas.





4. Maleiro: Neste caso, podem ser guardadas roupas fora da estação, roupas de pouco uso, edredons, cobertores, travesseiros e malas. A sugestão é guardar em sacos (de preferência de TNT para respirarem) ou mesmo em sacos tipo “space bags” que economizam espaço e protegem a roupa.


Terceiro passo:
Limpeza: Passe um pano úmido ou com álcool no fundo do armário e prateleiras. Forre as gavetas e pratele iras com contact ou com forros especiais anti-mofo. Pode-se depois colocar alguns sachês ou sabonetes com fragrâncias leves e delicadas.

Quarto passo:
Dobrar ou enrolar as peças novamente e guardá-las seguindo a ordem do segundo passo.
Algumas dicas de dobras: Lembre-se que quanto menos dobras, menos marcada ficará a roupa.





Para criar uma uniformidade utilize um gabarito de papel cartão ou cartolina coberto por contact para durar mais. A medida para roupa feminina normalmente é 22X29 e 25X32 masculino. Mas verifique se essas medidas se adequam ao seu armário.

- Cintos: Se não tiver uma colméia especial para cinto, é possível enrolá-los e guardá-los em uma caixa para não abrirem. Outra opção é pendurá-los na porta do armário caso haja o suporte.

- Roupas íntimas: O ideal é utilizar colméias para fácil organização. Mas também é possível organizar somente por cores e tipos dobrando em formato de envelope. Para sutiãs com bojo, se tiver espaço, guarde-os abertos em sequência de cores. Caso o espaço seja mais limitado, dobre ao meio mas sempre com cuidado para não amassar.

- Lenços: Uma sugestão, é guardá-los dobrados em caixas em pilhas não muito grandes para não amassar os de baixo.

- Roupas de cama: Podem ser melhor acomodadas em prateleiras e podem ser guardadas enroladas para economizar espaço. Uma boa dica é guardar o conjunto completo (lençois e fronhas) para facilitar a arrumação.

- Edredons, cobertores e mantas: Podem ser guardados em sacos e de preferência em TNT ou tipo "space bag" que conforme mencionado acima economizam espaço e ainda protegem a roupa. E lembrar de sempre guardá-los limpos.

Agora sim, começaremos o ano com mais leveza!

Dá trabalho, mas o resultado é muito bom!

Rápida organização dos briquedos após o Natal!


Foto: www.bhg.com

Depois do Natal, brinquedos novos chegam e outros tem que sair para liberar espaço!!

Mas não podemos esquecer que o principal objetivo na arrumação do quarto dos pequenos é facilitar e organizar a brincadeira!!

Pensando assim, não adianta arrumar o armário todo de forma que as crianças não consigam tirar nem um brinquedo, ou mesmo puxar uma caixa sem cair nada em cima deles!!

Além disso, chegando o Natal, é possível aproveitar muitos brinquedos que não são mais usados para doação. E é importante eles saberem que assim vão deixar outras crianças felizes. E espaços novos são liberados para a arrumação.

É verdade que quando arrumamos o quarto deles, queremos ver tudo lindo! Mas temos que pensar que para eles também é muito bom que eles tenham tudo em ordem. Assim, eles podem encontrar mais facilmente seus brinquedos ou mesmo poder brincar com um tipo de brinquedo de cada vez. E acredite, criança adora organização!! O que eles não sabem ainda é como mantê-la!
Seguem algumas dicas básicas para facilitar essa arrumação e mais ainda, conservá-la!

1. Mantenha os brinquedos mais usados nas prateleiras/gavetas mais baixas, acessíveis aos baixinhos.

Foto: www.bhg.com
2. Separe os brinquedos por tipo, por exemplo, caixa de legos, caixa de bonecos, caixa de barbies, caixa de acessórios de bonecas, caixa de carrinhos e assim por diante... Dê preferência a caixas não muito fundas para não dificultar o acesso dos brinquedos que estão embaixo. Coloque etiquetas nas caixas! Se os pequenos ainda não sabem ler, faça desenhos, use fotos ou recortes de revistas.
 
Foto: www.bhg.com

3. Procure não deixar nada no chão. Isso facilita a limpeza e tira aquela sensação de bagunça. Uma sugestão é guardar alguns brinquedos em lugares mais altos, sem acesso deles. Assim, de vez em quando você pode revezar para não enjoarem!

Foto: www.marthastewart.com
  
4. Desenhos: Crie uma pasta para cada criança (pode usar pastas ou mesmo embalagens de cereal decoradas). Cada final de ano, faça uma separação dos desenhos mais importantes. Solicite a ajuda dos pequenos para essa tarefa! Depois, transfira para uma pasta menor nomeada com o ano e nome da criança.

Foto: www.bhg.com

5. Material de papelaria: Faça uma separação nas canetas que não funcionam mais e aproveite para apontar os lápis que estão sem ponta (para facilitar essa tarefa, uma sugestão é comprar um apontador de manivela ou mesmo o automático). Separe papéis em branco em uma pasta para que eles possam utilizar para pintarem novos desenhos. Se possível deixe um espaço para desenhar com materiais acessíveis aos pequenos. Aproveite para fazer um levantamento dos materiais escolares que ainda podem ser aproveitados para o próximo ano. Assim quando for comprar novos poderá economizar um pouco!

Foto: www.bhg.com

Para mais dicas acesse também esse link de arrumação de brinquedos.



Mãos à obra!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...