Idéias e algumas soluções para espaços menores!

Foto: www.bhg.com

Hoje em dia é cada vez mais comum espaços compactos! Nos resta então nos adaptar tentar criar soluções para aumentarmos esse espaço!

Veja algumas dicas:

Janelas: Em locais pequenos, procure valorizar as janelas. Nossos olhos normalmente se voltam para a janela e portanto para fora do ambiente. E nesses espaços menores, procure deixar as janelas livres de cortinas ou se utilizá-las a dica é usar tecidos leves e da mesma cor ou tom que as paredes. Assim tiramos os limites, ajudando a dar a sensação de amplitude. Uma outra sugestão é utilizar cortinas tipo rolô ou persianas que podem ser recolhidas por inteiro deixando as janelas totalmente abertas.

Foto: www.bhg.com
Foto: www.casa.com.br

MóveisA dica é utilizar poucos móveis e com escala menores. De preferência que tenham contornos leves e vazados que podemos ver o que está ao fundo. Opte por cores claras e tecidos leves. Escolha móveis e utensílios que podem ser usados para mais de uma função ou acomodados em locais que não ocupam espaço como pufes que se acomodam embaixo do rack da TV.


Foto: www.bhg.com

Evite mesa de centro para não dificultar o caminho. Opte por mesas laterais que tem vários tamanhos por dentro. Assim quando necessário é só tirar a mesa debaixo e colocar no centro para apoio ou mesmo pufes que podem ser usados para sentar ou para apoio de uma bandeja, por exemplo.

Foto: www.realsimple.com

Foto: www.casa.com.br
Foto: www.casa.com.br

Cores e Luz: Cores claras iluminam o ambiente e o deixam com a sensação de maiores. Enquanto cores escuras deixam o ambiente mais aconchegante mas muitas vezes podem diminuir o ambiente. Para dar ao espaço a sensação de amplitude use e abuse de luz, muito branco e cores claras.  Outra sugestão é usar paredes com uma cor mais forte mas neste caso, usar móveis claros, batentes, janelas e portas brancas e um piso claro.


Foto: www.bhg.com

Foto: www.casa.com.br




Foto: www.bhg.com

Espelhos: Decore o espaço com um belo espelho com ou sem moldura para criar uma sensação de profundidade em ambientes pequenos. Mesmo em espaços pequenos, os espelhos refletem os espaços e luz seja um espelho grande ou pequeno.

Foto: www.bhg.com

Mãos à obra!

Revestimentos para cozinha

Procurando revestimento para sua cozinha?! 

Foto: www.marthastewart.com
Seguem alguns termos importantes para se familiarizar e checar antes de comprar:

Peças retificadas: As bordas são acertadas dando um melhor acabamento resultando em uma superfície uniforme. Apresentam praticamente o mesmo tamanho.

Peças Bisotadas: Peças com bordas chanfradas a 45 graus.

Peças Polidas: Revestimentos que possuem brilho pois recebem um polimento. São mais sucetíveis a riscos.

Peças Rústicas: São antiderrapantes e por isso são mais indicados às áreas externas. Existem pisos que exigem aplicação de resina. Verifique antes de comprar.

Absorção de água: Quanto menor a porosidade do revestimento, menor a absorção de água.

Grupo       Absorção de água (%)
Ia           0 a 0,5
Ib           0,5 à 3,0
IIa          3,0 à 6,0
IIb          6,0 à 10,0
III          Acima de 10,0


PEI: Indicador de resistência do esmalte ao desgaste (Porcelain Enamel Institute). A escala vai de 0 a 5. O 0 é indicado para paredes e 5 para regiões de alto tráfego. Para cozinhas a indicação é que seja igual ou maior que 3.

Classe de Abrasão                   Local de Uso
PEI 0                                 Paredes
PEI 1                                 Banheiros e quartos residenciais
PEI 2                                 Dependências residenciais sem ligação com áreas
                                          externas
PEI 3                                 Todas as dependências residenciais
PEI 4                                 Todas as dependências residenciais e ambientes
                                          comerciais de tráfego médio
PEI 5                                 Todas as dependências residenciais e ambientes
                                          comerciais de tráfego intenso
(Fonte: www.ceramicaportinari.com.br)

COF - O Coeficiente de atrito indica o grau de atrito da placa cerâmica com o movimento das pessoas, como por exemplo, para pisos onde existe a exigência de serem anti-derrapantes. Define o quanto o piso é escorregadio.

O coeficiente de atrito de um revestimento pode estar enquadrado nas seguintes faixas:
- Menor que 0,40: é satisfatório para instalações normais.
- Maior ou igual a 0,40: é recomendado para uso onde se requer resistência ao escorregamento.
(Fonte: www.ceramicaportinari.com.br)

E algumas cozinhas modernas e maravilhosas para ajudar a inspirar!


Cimento queimado: Cria um visual moderno e rústico. Pode ser combinado com ladrilhos hidráulicos, pastilhas ou madeira por exemplo. Além do cimento caseiro, existem hoje misturas prontas que possuem maior resistência à rachaduras. O cimento queimado requer alguns cuidados e manutenção. Verifique antes de escolher. 


Foto: www.casaejardim.com.br

Foto: www.casaejardim.com.br

Foto: www.casaejardim.com.br

Porcelanato: Hoje existem muitas variações de cores e texturas. Existem placas de diversos tamanhos. Pode ser esmaltado (classificado através do PEI, que mede a resistência) ou sem esmalte (porcelanato técnico). O porcelanato sem esmalte pode ser polido (mais escorregadio) ou não polido. O porcelanato sem polir, é adequado para entradas, por exemplo, pois tem uma maior durabilidade. Consulte o fabricante para verificar as características de cada modelo escolhido.

Foto: www.casa.com.br

Foto: www.casaejardim.com.br

Foto: www.casa.com.br


Foto: www.casa.com.br




Foto: www.marthastewart.com



Foto: www.ivillage.com


Foto: www.ivillage.com


Cerâmica: É possível encontrar uma grande quantidade de cores e modelos. Inclusive padrão madeira que é preciso olhar de perto para ver que é cerâmica! Verifique o coeficiente de atrito que diz o quanto o piso é escorregadio.


Foto: www.casa.com.br




Foto: www.ivillage.com


Foto: www.ivillage.com
Piso vinílicos: São modernos, custo relativamente baixo e fácil aplicação. Normalmente, precisam de preparação para nivelar o contrapiso e aplicar o revestimento de forma regular. Alguns modelos podem ser aplicados em cima de outro piso. Pesquise na hora de escolher!


Foto: www.casa.com.br




Foto: www.ivillage.com

Foto: www.ivillage.com



Ladrilho hidráulico: Produto artesanal. Estampas e cores irregulares. Por serem porosos tem uma alta absorção de água. É recomendado impermeabilização que requer manutenção de tempos em tempos. Verifique antes de comprar.

Foto: www.casaejardim.com.br

Foto: www.casaejardim.com.br

Foto: www.ivillage.com

Escolha um bom rejunte e argamassa. Hoje existem materiais que evitam manchas bolor e garantem boa aderência. Além de escolher bons profissionais para uma boa e correta aplicação!


Boa sorte!